segunda-feira, 2 de novembro de 2009

Surpresa II


Surpreende-me a madrugada
Quando as lágrimas
Rolam

Surpreendes-me tu
Num intervalo
De amor

Surpreendida fico
Com as palavras
Que entoas
Na madrugada
De lágrimas

Que no intervalo
Caiem de amor
Ao som da alma.


Foto minha.

8 comentários:

Maria Clarinda disse...

(...)Surpreendida fico
Com as palavras
Que entoas
Na madrugada
De lágrimas
(...)
são estas sempre que mais custam...lindo como sempre, Paula.
Jhs

wind disse...

Lindíssimo!
Beijos

MPereira disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
mfc disse...

Como é boa a surpresa de te ler sempre!

Déia disse...

Adoro surpresas de amorrrrr !!

bjs

Sonia Schmorantz disse...

Lágrimas de amor conseguem ser doces mesmo quando tristes...
beijos

Eli disse...

:)

Viajantis disse...

que seria do amor sem as lágrimas....e das lágrimas, sem amor para as suavizarem?