quinta-feira, 17 de dezembro de 2009

Palavras


Não deixes amontoar as palavras:
deita-as para fora,
escreve-as,
solta-as;
deixa que se espalhem pelos campos,
que as vozes as entoem,
que os sentidos as saboreiem.

Não percas as palavras.

Escreve-as:
deixa-as partir.


Foto minha.

7 comentários:

Maria Clarinda disse...

Como sempre , Paula ! Um poema muito bonito!!!
As palavras muitas vezes temos que as deixar partir pois magoam ...
Jinhos

A foto está linda

Déia disse...

Deixarei... estão soltas..

E engraçado, mando palavras felizes, elas voltam com alegria redobrada!! como essa foto do mar, que vai e vem...

bjs

(CARLOS - MENINO BEIJA - FLOR) disse...

Foto lionda e o poema também.Usar as palavras,esse dom que a gente tem.Beijos

wind disse...

As palavras libertam.
Beijos

Jaime A. disse...

Que as tuas palavras sempre estejam libertas!
Bom fim-de-semana e beijo

Leite de Pedra disse...

Óptimo conselho. A reter! Que as gaiolas das palavras de abram de par em par.

Å®t Øf £övë disse...

Paula,
Se não deixarmos as palavras sairem pelas nossas bocas, elas acabarão por sair pelo nosso olhar... é inevitável.
Beijinhos.