sexta-feira, 8 de maio de 2009

Valer a pena

Às vezes não vale a pena
(como se costuma dizer),
chover no molhado
ou chorar sobre o leite derramado,
pois não,
não vale a pena.
Também não vale a pena
querer agarrar utopias
quando livres voam, felizes
e isso seria um crime.
Não vale a pena, às vezes,
cantar a alegria,
quando por dentro
se morre aos poucos.
Será que vale a pena
deixar-te algumas palavras
e imaginando abraçar-te
prolongar a saudade linda de ti?
Não vale a pena procurar
quando a magia não acontece,
mas talvez, algumas vezes
valha a pena sorrir...

Um sorriso que vale a pena viver!

9 comentários:

MPereira disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
entremares disse...

Felizmente que o indiferente de uns é o "vale a pena" de outros.
Os sorrisos também são assim.
Valem sempre a pena, mesmo com significados tão diferentes...

Um óptimo fim de semana

Viajantis disse...

"...tudo vale a pena quando a alma não é pequena!"

Bonito!!
Beijinhos

Benó disse...

Realmente, como diz MPereira e como disse o poeta, "tudo vale a pena se a alma não é pequena" e, creio Paula, que a tua não o é, decerto.
Por isso, até o chorar, às vezes vale a pena.
Um abraço e bfs.

wind disse...

Apesar de tudo isso, vale sempre a pena sorrir, porque a vida tem de continuar:)
Beijos

Eduardo Aleixo disse...

O sorriso é como gota de orvalho.
É barquinho contente no mar zangado.
É florinha no chão pesado.
E laranjinha no deserto.
É barato.
É o céu na terra.
É canção de regato.
Bj.

mfc disse...

Um sorriso vale o dia!

Maria Clarinda disse...

Sim..claro que vale a pena, mesmo que seja a apenas por um sorriso, Paulinha!!!
Como sempre um poema, que é sempre lindo, tem toda a sensibilidade do mundo nas suas palavras...
Jinhos de carinho!!!!

Branca disse...

Um sorriso sempre vale a pena!

Boa semana amiga...bjo!