segunda-feira, 13 de abril de 2009

Poema enclausul(r)ado


Vou inventar
uma cláusula
inabalável
que pela lei se faça cumprir
e não se desmanche
quando for o caso
(de tantos por aqui),
uma cláusula
muito firme
e que trará a satisfação
ao teu ego doentio.

É a claúsula
masturbatória
pela ineficácia
das tuas mãos
e qualquer pessoa
do sexo feminino
deverá salvaguardar
o teu gozo diário
numa ejaculação
inodora...


Foto: Maria Clarinda

16 comentários:

Maria Clarinda disse...

Paula, um poema sensual, em que a revolta de um sentimentoque passou a outro patamar...está marcada.
Gostei,e tu sabes.
Jinhos mil

LUA DE LOBOS disse...

mmmm depois comento :)
xi
maria

Vanda Maio disse...

As tuas palavras transparecem alguma revolta.

Gostei.

Beijoca

wind disse...

Olha sinceramente fizeste-me rir às gargalhadas:)
Beijos

poetaeusou . . . disse...

*
Legislação,
do “incumprimento” . . .
,
sentir saudoso, deixo,
,
*

Å®t Øf £övë disse...

Paula,
Vale bem a pena desenclausurar este blogue para criar uma claúsula em que através dela saiam ejaculações tão poderosas como as tuas palavras.
Beijinhos.

Mário Margaride disse...

Uma clausura de palavras, onde as palavras libertam, a revolta que há em ti.

Gostei muito!

Convido-te a passa pelo "AMOR DE ALÉM MAR", outra forma de fazer poesia em dueto.

Beijinhos e boa semana!

Mário

Menina_marota disse...

Sorrio... e neste sorriso vai o sentimento que este poderoso poema me transmitiu!

Porque apetece muitas vezes mandar para fora o que se tem enclausurado no coração...

Beijinho e grata pela partilha ;)

Nilson Barcelli disse...

O teu poema, aparentemente, é uma bofetada de luva branca.
Até fiquei com pena do coitado...
Porque é contundente, como tu muito bem sabes fazer.
Beijo.

Je Vois la Vie en Vert disse...

Ma chère Paula,

Après notre conversation, je ne peux que te dire "attention aux chocolats piquants!....

Bisous de

Verdinha

Fenix disse...

Poema erótico ou talvez não...
Não há cláusula que lhe valha..., coitado...
:-)))

Beijinhos

meus instantes e momentos disse...

muito bom o poema, diferente, bom de ler. Perfeito. gostei.
Maurizio

Mário Margaride disse...

Querida amiga

Neste sábado cinzento e chuvoso, passo por aqui para te desejar em meu nome e da Rosana, um óptimo fim de semana!

Beijinhos a dobrar...

Mário

Persida disse...

Venho agradecer pelos recados deixado no meu blogue, com a amizade da tua parte. Desejo-te um feliz domingo. Recebe um saudoso abraço da tua amiga Persida Silva

TMara disse...

uma ironia zangada, uma revolta num único grito.
Bjs
Luz e paz e boa semana

Viajantis disse...

...e que ejaculação....precoce?
eheheh