sábado, 7 de fevereiro de 2009

A festa

Debruçada sobre o límpido
lago azul,
espelho de encantamento,
todas as fadas reunidas
nesta festa de ser!

12 comentários:

wind disse...

Gostei.
Beijos

Bruce disse...

Simples mas profundo.

Sonia Schmorantz disse...

Todas as fadas reunidas mais a fada escritora que fez este lindo
poemeto.
beijos e bom final de semana

FERNANDA & POEMAS disse...

QUERIDA PAULA, LINDO... GOSTEI MUITO... UM ABRAÇO DE CARINHO,
FERNANDINHA

Maria Clarinda disse...

E com as fadas reuniremos naquele que faremos nosso lago.
Como sempre belo o teu poema.
Jinhos Paula

MPereira disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
f_mg disse...

lago azul e pacífico....

bjs

Osvaldo disse...

Olá Paula;
E vivam todas as Fadas para que o Lago transborde de alegria e a Festa continue...
bjs

Sonia Schmorantz disse...

A palavra mágica
dorme na sombra
de um livro raro.
Como desencantá-la?
É a senha da vida
a senha do mundo.
Vou procurá-la.
Vou procurá-la a vida inteira
no mundo todo.
Se tarda o encontro, se não a encontro,
não desanimo,
procuro sempre.
Procuro sempre, e minha procura
ficará sendo
minha palavra.

Carlos Drummond

Lindo domingo!
abraços

Alexandra disse...

As tuas belas palavras estão embebidas em espírito celta!!

Há muita coisa na vida que não podemos ter e que gostaríamos. Uma delas é esta tua arte. Não a tenho mas fico muito grata por poder ler quem a tem. Como disse no meu post... por vezes, dizes em discurso poético, aquilo que não consigo traduzir por palavras minhas!

Bom Domingo!

Beijo

ps: Habituei-me a este espaço, mas será com muito prazer que irei "cuscar" o que me indicaste. ;)

Espelho disse...

serás tu a fada que narra esta história de encantar, ou apenas fazes parte da história contribuindo com os teus dedos... Sinto magia nas tuas palavras...

poetaeusou . . . disse...

*
anil
espelhado . . .
,
jino
,
*